terça-feira, 24 de novembro de 2015

Romero iguala gols de Guerrero com sete jogos a menos no Brasileiro



  Criticado quando foi acionado para substituir Paolo Guerrero no comando de ataque do Corinthians, Ángel Romero não conseguiu se firmar e perdeu espaço. Mesmo assim, com os gols marcados na vitória por 6 a 1 sobre o São Paulo, igualou-se na artilharia àquele que foi ganhar mais dinheiro no Flamengo.
Incluído o lance no qual contou com a colaboração do tricolor Hudson, o paraguaio tem agora três gols no Campeonato Brasileiro. É o mesmo número exibido pelo peruano, que esteve em campo 17 vezes, sete a mais do que o camisa 11 do time hexacampeão.
As coisas têm saído tão bem para o Corinthians que o contestado Romero foi o destaque no jogo das faixas - além dos dois gols, sofreu um pênalti e participou do belo tento de Lucca. Por outro lado, o jejum do centroavante com a camisa do Flamengo completou três meses na última segunda-feira.
"O Guerrero realmente está passando por um momento difícil. Tem ficado muito nervoso, levado muitos cartões. Estamos trabalhando ao máximo para que ele possa se adaptar ao clube. Queremos uma melhora e estamos insistindo", afirmou o técnico Oswaldo de Oliveira.
Tite está mais satisfeito com Romero. E ainda mais com Vagner Love, que acabou ficando com o velho posto de Guerrero. Vice-artilheiro, o carioca marcou 13 vezes no Campeonato Brasileiro e foi decisivo para o Corinthians assegurar o título com três rodadas de antecedência.