quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Erupção solar perturba aeroportos na Suécia


  Uma explosão solar nesta quarta-feira deixou fora do ar por alguns instantes os radares dos principais aeroportos no sul da Suécia e causou atrasos significativos, disse a Autoridade sueca de Aviação Civil (LFV).
"Por volta das 12h45 (de Brasília), as tempestades solares têm perturbado o campo magnético da Terra, causando um mau funcionamento do radar" usado pelos controladores de voo para regular o tráfego, disse à AFP um porta-voz da LFV, Per Fröberg.
"Nós tivemos que fechar o espaço aéreo", o que atrasou as partidas, enquanto os aviões que se aproximavam foram autorizados a aterrissar, acrescentou.
Os aeroportos de Estocolmo-Arlando, Estocolmo-Bromma, Malmö (sul) e Gotemburgo (sudoeste) foram afetados.
O controle de tráfego aéreo foi restabelecido após cerca de uma hora e os voos retomaram gradualmente.
"Ainda temos atrasos, o retorno à normalidade deve demorar várias horas" apenas no final do dia, acrescentou o porta-voz.
As erupções solares, ou ejeções de massa coronal, projetam plasma solar em velocidade muito alta para o espaço que atinge a atmosfera superior da Terra e interage com seu campo magnético.
Este fenômeno é responsável pelas luzes do norte, mas também por tempestades magnéticas que podem perturbar o funcionamento dos satélites de comunicações e a rede elétrica.