sábado, 22 de agosto de 2015

GOVERNO VAI DIVIDIR ADIANTAMENTO DO DÉCIMO TERCEIRO DOS APOSENTADOS


Os aposentados e pensionistas do INSS podem ter que esperar um pouco mais, esse ano, pra receber o adiantamento do décimo terceiro. O Ministério da Fazenda propôs dividir em duas parcelas.
Os aposentados e pensionistas já estão acostumados. Desde 2006, o governo pagava metade do 13º no fim de agosto, início de setembro.
“A gente tá sempre contando com esse dinheiro”, disse uma aposentada.
Mas pela lei, o adiantamento pode ser pago até o fim de novembro. Agora, com o aperto nas contas do governo, os cortes do ajuste fiscal, o Ministério da Fazenda quer adiar esse pagamento que custa quase R$ 16 bilhões. Quer pagar 25% em setembro, 25% em outubro e os 50% restantes no fim do ano - como já é atualmente.
A proposta do Ministério da Fazenda ainda vai ser avaliada pela presidente Dilma Rousseff. Só que o governo está dividido, o ministro da Previdência Carlos Gabas defende o pagamento da primeira metade já agora, como vem sendo feito há nove anos. E tem muita gente de olho nesse dinheiro. São mais de 28 milhões de aposentados e pensionistas.
“Já vinha fazendo plano, queria fazer uma viagenzinha. E agora foi uma notícia ruim até”, lamentou o aposentado João Batista Rodrigues.
Diante da possibilidade de não sair o adiantamento agora, um sindicato de aposentados já pediu ao Supremo Tribunal Federal que obrigue o INSS a pagar. A preocupação é com a dívida dos empréstimos que muitos aposentados já fizeram nos bancos.