quarta-feira, 15 de julho de 2015

Presidente do DIS diz que Barça mentiu e 'se sente traído' por Neymar

O DIS voltou a mostrar se descontentamento com a transferência de Neymar para o Barcelona. Em entrevista coletiva em Madri, nesta quarta-feira, o presidente do grupo de investidores, Roberto Moreno, disse que “se sente traído” pelo craque do Barça. Moreno também não poupou o time espanhol. Segundo ele, o clube e seu presidente Josep Maria Bartomeu mentiram.
O presidente do DIS e os advogados do grupo acusam Barcelona e Santos de "tornar vulneráveis os direitos federativos" de Neymar. Com o Barça perto de novas eleições presidenciais, José Barral, presidente do grupo Sonda (ligado ao DIS), espera que o novo mandatário resolva o problema.
- Não me importa quem ganhará as eleições (para presidência do Barça). Apenas que paguem o que nos devem – disse José Barral.
O DIS era dono de 40% dos direitos do atacante brasileiro até a sua saída do Santos. Na transação, o grupo recebeu 6,8 milhões de euros (R$ 23,5 milhões), já que o Santos anunciou ter recebido 17,1 milhões de euros (aproximadamente R$ 59,2 milhões) pela venda de Neymar para o Barça. Porém, conforme contrato detalhado pelo Barcelona, o verdadeiro valor no negócio é de quase 100 milhões de euros (aproximadamente R$ 360 milhões).